in , , ,

Não vou comentar’, diz Mourão sobre caso Flávio Bolsonaro

O vice-presidente, Hamilton Mourão, disse, nesta sexta-feira (18), que não vai comentar o pedido de Flávio Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender investigação que apura movimentações financeiras de Fabricio Queiroz, ex-assessor do senador eleito, consideradas “atípicas” pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). A informação é do blog da Andreia Sadi, do portal G1.

O pedido de Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, foi acolhido nesta quinta-feira (17), temporariamente, pelo ministro Luiz Fux. O ministro está plantão devido ao recesso do Judiciário. O relator do caso é o ministro Marco Aurélio Mello.

Flávio não é investigado no caso, mas como ele passou a ter foro privilegiado ao ser diplomado como senador o ministro entendeu que caberá ao relator no STF decidir sobre a continuidade da investigação.

“Não vou me meter, não vou comentar: vou aguardar esclarecer”, afirmou o vice, questionadoela reportagem sobre sua opinião do caso.

Mourão assumirá a interinidade da presidência da República na semana que vem, assim que o presidente Jair Bolsonaro viajar para Davos, na Suíça. Bolsonaro e Mourão se encontram nesta sexta para reunião antes da viagem.

Sobre o que esperar de sua primeira interinidade, Mourão: “tudo normal, que mantenha as ordens em vigor”.

PRTB de Mourão quer Collor no comando do Senado, diz coluna

Operação apura improbidade administrativa em Ceará-Mirim