No Rio Grande do Norte, Rogério Marinho participa de perfuração de poço artesiano e entrega máquinas a 14 municípios



_Em todo o estado, serão implantados 735 poços e cisternas, com investimento total de R$ 16,7 milhões. Até o fim do ano, todos os municípios potiguares receberão maquinário_

Brasília (DF) – O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), perfurou, neste sábado (4), o primeiro de 20 poços artesianos previstos para abastecer o município de São Miguel, no Rio Grande do Norte. Também foi assinado pelo ministro Rogério Marinho termo de doação de máquinas agrícolas para 14 municípios potiguares.

A perfuração de poços artesianos faz parte da estratégia do governo federal de garantir segurança hídrica e reduzir a dependência dos municípios do Semiárido aos carros-pipa. São Miguel é um dos 47 municípios do estado beneficiados com a perfuração de poços. Em todo o Rio Grande do Norte, serão abertos 275 poços, com investimento total de R$ 13,2 milhões. Em maio, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou a aplicação de R$ 16,7 milhões para abastecimento de água no estado [https://www.gov.br/mdr/pt-br/noticias/mdr-vai-investir-r-16-7-milhoes-para-garantir-abastecimento-de-agua-em-47-cidades-potiguares].

“Para nós, levar água a quem precisa é um pacto civilizatório. Várias cidades do Nordeste Setentrional vivem em estado de emergência, sendo abastecidas por carros-pipa. Estamos empenhando esforços para que esse cenário mude, os municípios se tornem independentes e se mantenham abastecidos desse insumo que é essencial para a vida”, afirma Marinho.

No município de São Miguel, serão aplicados cerca de R$ 560 mil para a perfuração de 20 poços até o fim deste ano, com potencial para beneficiar uma população estimada em 3,2 mil pessoas. As obras serão conduzidas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Se a captação de água for bem-sucedida, serão executados os serviços de montagem e instalação das tubulações para abastecimento e distribuição de água potável.

“Estamos muito felizes porque São Miguel é uma cidade que precisa muito de atenção e vocês, do MDR, estão fazendo isso com essa perfuração de poço”, destaca o prefeito do município potiguar, Célio de Elizeu. “Vocês vieram trazer benefícios para nossas comunidades que enfrentam a seca e vivem carentes de água”, completa.

A Codevasf também irá instalar 462 cisternas em comunidades rurais de sete cidades potiguares: Luís Gomes, Jaçanã, José da Penha, Santa Cruz, São Tomé, Monte das Gameleiras e Coronel Ezequiel. O investimento na ação será de R$ 3,5 milhões.

*Municípios atendidos*

As cidades que serão beneficiadas com a perfuração de poços artesianos são Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Barcelona, Campo Redondo, Caraúbas, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Currais Novos, Felipe Guerra, Florânia, Governador Dix-Sept Rosado, Jaçanã, Japi, João Câmara, João Dias, José da Penha, Lagoa D’Anta, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia, Luís Gomes, Monte das Gameleiras, Mossoró, Nova Cruz, Paraná, Pau dos Ferros, Pedra Preta, Rafael Fernandes, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Santa Cruz, São Francisco do Oeste, São Miguel, São Paulo do Potengi, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra de São Bento, Severiano Melo, Serrinha dos Pintos, Sítio Novo, Tenente Ananias, Upanema e Venha-Ver.

*Doação de máquinas*

Também neste sábado (4), na cidade de Pau dos Ferros, o ministro Rogério Marinho assinou termo de doação de máquinas que vão contribuir para o desenvolvimento produtivo de cidades potiguares. Inicialmente, 14 municípios foram contemplados com um kit – com valor de R$ 142,5 mil cada – que inclui trator, carreta agrícola (com capacidade para 4 toneladas) e uma grade aradora. O investimento do Governo Federal na compra dessas máquinas foi de quase R$ 2 milhões, por meio da Codevasf.

“O nosso objetivo é emancipar o Nordeste brasileiro. Por isso, investimos em ações de desenvolvimento regional que possam gerar emprego e renda para a população”, destacou o ministro Rogério Marinho.

As cidades contempladas neste sábado com as máquinas foram Coronel João Pessoa, Felipe Guerra, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Itaú, José da Penha, Lucrécia, Major Sales, Olho D’Água do Borges, Paraná, Portalegre, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz e Riacho de Santana. Até o fim do ano, todos os municípios potiguares serão beneficiados com equipamento. O investimento total é de R$ 48,7 milhões.

*Priorização*

Com o objetivo de reduzir e erradicar a dependência do abastecimento por meio de carros-pipa, o Ministério do Desenvolvimento Regional selecionou, em dezembro do ano passado, 939 localidades em 319 municípios de nove estados do País [https://www.gov.br/mdr/pt-br/noticias/mdr-define-939-localidades-prioritarias-para-receberem-investimentos-em-oferta-de-agua-no-semiarido] para serem priorizadas nos investimentos voltados a ações estruturantes de segurança hídrica, tais como perfuração de poços e implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água, cisternas e dessalinizadores do Programa Água Doce, entre outros.

BLOG NOTÍCIAS DO PÁSSARO