Ian Chicharo Gastim, OneFootball — Acabou a novela. Domènec Torrent, de 58 anos, será o substituto de Jorge Jesus no comando técnico do Flamengo. Com um contrato até 31 de dezembro de 2021, o catalão chega ao Rio de Janeiro trazendo mais três profissionais para compor a comissão técnica.

O anúncio oficial foi feito nesta sexta-feira (31) pelo Rubro-Negro primeiro em comunicado enviado para sócios-torcedores e depois através das redes sociais do clube.

Nesse período, a diretoria teve conversas com nomes como Carlos Carvalhal, Leonardo Jardim e Fernando Hierro, mas o ex-auxiliar de Pep Guardiola no Barcelona acabou sendo o escolhido para assumir o cargo.

O técnico catalão e sua comissão vão receber 1,5 milhão de euros por ano, cerca de R$ 9 milhões na cotação atual e com eventuais premiações, o valor pode subir, segundo apuração do site GloboEsporte.com.

Las primeras palabras de @DomeTorrent como técnico del Flamengo #BienvenidoDome pic.twitter.com/bfl1qqHyQT

— Flamengo (@Flamengo_es) July 31, 2020

¡Bienvenido @DomeTorrent! #BienvenidoDome pic.twitter.com/XIWxLqgdJu

— Flamengo (@Flamengo_es) July 31, 2020

Oi, sou Domènec. Estou muito feliz por fazer parte desta grande nação. Vamos lutar para ganhar título. Nos vemos em breve. Muito obrigado! – disse o novo treinador, em vídeo divulgado pelo Flamengo.

Para se ter uma ideia, Jorge Jesus e seu staff, que tinha sete integrantes, recebiam mais do que o dobro: 3,5 milhões de euros (R$ 21 milhões) anuais.

Escolha foi pelo perfil

O vice de futebol, Marcos Braz, e o diretor Bruno Spindel foram para a Europa para buscar quem seria o próximo técnico do Flamengo, assim que Jesus deixou o Fla.

O que chamou atenção da dupla em Torrent, foi que o catalão é um estudioso do futebol e mostrou uma ótima leitura de jogo. Além disso, a expectativa é que seus métodos de treinamento vão surpreender no Brasil.

Estrutura da comissão técnica

Domènec vai trazer para o Brasil o auxiliar Jordi Guerrero, o analista Jordi Gris e mais um preparador físico que ainda não foi definido.

Existe a chance, no entanto, de o preparador físico Roberto Júnior, o Betinho, ser efetivado como número 1, caso Torrent não defina um nome para o cargo.

Técnico do sub-20, Maurício Souza pode também ser mantido no grupo, por já conhecer o clube e o dia a dia no CT Ninho do Urubu.

Além disso, Torrent ainda vai definir se vai trazer um preparador de goleiros.