in

Ouro Branco: Juiz Eleitoral começa a contar prazo para Samuel responder sobre candidatura impugnada

O juiz da 23ª Zona Eleitoral, André Melo Gomes Pereira já mandou notificar o candidato do PL a prefeito, Samuel Souto para tomar conhecimento que sua candidatura foi impugnada e para, querendo, no prazo de 07 (sete) dias, apresentar contestação à impugnação, juntar documentos, indicar rol de testemunhas e requerer a produção de outras provas. Samuel não teria se desincompatibilizado no prazo para quem quer ser candidato a prefeito ou a vereador, como manda a Justiça Eleitoral.

No anexo da representação consta que o candidato Samuel Souto ocupou cargo comissionado de Tesoureiro na Prefeitura de Ouro Branco, com atribuições de controles das contas bancárias e da arrecadação municipal, mas perdeu o prazo de desincompatibilização, que vencera em 4 de junho de 2020, deixando para se afastar de fato e de direito somente em 13 de julho de 2020. Por exemplo, Samuel é também responsável pela tesouraria dos Fundos Municipais de Saúde, de Assistência Social, e do FUNDEB de Ouro Branco, conforme Portaria nº 28/2017. Neste meio tempo, o noticiado também integrou outros importantes institutos na administração pública municipal, como suplente no Conselho Municipal de Assistência Social, conforme Portaria nº 24/2020. Inclusive, pede que o juiz requisite os contracheques dele nos meses em questão, para comprovar que continuava recebendo seus salários, como prova que não se afastou do cargo.

Fonte Blog Jair Sampaio

Vereador pede justiça por primos mortos em Pedro Velho e culpa segurança de Júnior Balada pelo duplo homicídio

Governo do RN autoriza volta de shows e outros eventos coletivos