Pacheco é anunciado pelo PSD como candidato à Presidência da República.



O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, foi lançado hoje, 23, como candidato à Presidência da República pelo PSD. Ontem, ele publicou nas redes sociais que iria se filiar ao partido. O anúncio aconteceu durante evento do PSD, no Rio de Janeiro.

“Rodrigo Pacheco, o PSD e seus novos companheiros estão prontos para abraçar o seu projeto, para abraçar as suas propostas, para caminhar ao seu lado, não apenas para ser candidato na sua campanha, mas para que você seja um grande presidente da República, você tem todas as condições de vencer”, disse o presidente nacional do partido, Gilberto Kassab.

Pacheco evita falar em candidatura “meu cargo impõe limites”

Rodrigo Pacheco disse neste sábado, durante encontro regional do PSD, no Rio de Janeiro, que ocorreu em clima de pré-lançamento de sua candidatura à Presidência no ano que vem, que se sente “muito honrado” com os elogios e convovações dos colegas de partido, mas que seu cargo impõe “limites”.

“Essa questão da candidatura em 2022, tenho uma condição de presidente do Senado, de presidente do Congresso, que me impõe alguns limites em relação a essas abordagens”, disse Pacheco ao fim do evento. Em vários momentos do encontro, Pacheco foi citado por membros do partido como o candidato do PSD ao Planalto no próximo ano.

Com informações de Valor e UOL