in ,

Palhaço Facilita é Pré candidato a vereador de Natal


O circo sempre fez parte da alegria das pessoas, assistimos as apresentações dos motoqueiros no Globo da Morte, dos trapézios, malabares e dentre outras atividades. Uma figura sempre está presente no picadeiro é o palhaço e no Rio Grande do Norte temos Espaguete e Ferrugem, Gordurinha, Bisteca e Bochechinha e o Facilita, um dos pioneiros a ter circo no Rio Grande do Norte. O último citado se tornou uma figura popular no estado, o seu circo existe há mais de 40 anos e atualmente está instalado no interior do estado e bairros periféricos.

Atualmente, o circo está em Natal. Sim, ele ainda está atuando e não pretende parar:

Com certeza os seus pais já assistiram alguma de suas apresentações. O nome dele é José Milton Mariano da Silva e nasceu na cidade alagoana de São José da Lage. Começou a trabalhar no circo ainda adolescente e no início ele vigiava a cerca, trabalhava na limpeza e vendia pipoca, aos poucos conquistou seu espaço como palhaço, cujo seu nome inicial era Desmantelo.

Como surgiu Facilita? Por coincidência veio por conta de uma apresentação do Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Facilita conta que foi entrar no palco e Gonzagão perguntou como se chamava, o palhaço disse que não gostava do nome. Então, o pernambucano de Exu prontamente respondeu que se chamaria Facilita, título da música dele que estava bem famosa na época dele. Um dos versos da música é:

“…Tua saia, Bastiana, termina muito cedo/Tua blusa, Bastiana, começa muito tarde/Mas ela respondeu: Oi, facilita/Pra dançar o xenhenhém, oi, facilita/Pra peneirar o xerém, oi, facilita/Pra dançar na gafieira, oi, facilita/Pra mandar pra lavadeira, oi, facilita/Pra correr na capoeira, oi, facilita/Pra subir no caminhão, oi, facilita…”.

Começou a montar o seu próprio circo em São José de Mipibu. Assim ele fez uma família de circenses, os seus filhos também atuam no picadeiro, no qual uma delas já passou pelo Circo de Beto Carreiro em Santa Catarina.

O Palhaço é tão conhecido nas terras do Rio Grande do Norte que quando o Le Cirque esteve em Natal, ele foi tietado pelos palhaços do “fabuloso circo francês”. Veja a postagem a seguir:

O Circo também recebeu diversos artistas para o seu circo, sabia que Gretchen se apresentou no picadeiro quando o mesmo estive no bairro da Redinha? Isso mesmo.

No ano de 2013, a produtora Caminhos fez um documentário contando a sua história, dirigido pela jornalista e radialista, Érica Lima. A trilha sonora ficou por conta do cantor Fernando Luiz. O documentário completo, apenas 20 minutos, pode ser visto a seguir:

Seridò: Morre ex presidente do Caicó esporte clube Moreira Neto.

Sérgio Pinheiro confirma pré-candidatura a vereador de Natal pelo PSB