in

PARA SECRETÁRIO, MINISTROS POTIGUARES NÃO TEM CORAGEM DE ENFRENTAR FÁTIMA SERÁ?


Foto: Reprodução

Na entrevista ao “Cafezinho com César Santos” deste domingo, 30, o secretário do Planejamento do Rio Grande do Norte, Aldemir Freire, disse que os ministros potiguares não têm coragem de enfrentar diretamente a governadora Fátima Bezerra (PT) nas eleições 2022, porque eles reconhecem a própria fragilidade eleitoral.

Freire se referiu a Fábio Faria (ainda no PSD), ministro das Comunicações, e Rogério Marinho (sem partido), titular do Desenvolvimento Regional do governo Bolsonaro (sem partido). A afirmação do secretário faz sentido, porque Fábio e Rogério destacam possibilidade de concorrer ao Governo do RN e ambos sonham com uma vaga no Senado da República. No entanto, é preciso esmerar o ponto de vista de Aldemir Freire.

Fábio e Rogério descartam o Governo do Estado não por medo, mas por projetos políticos individuais. Veja:

O ministro das Comunicações tem a vida concentrada em Brasília, onde trabalha, e em São Paulo, onde reside com a família Abravanel. Não há em Fábio Faria qualquer desejo ou projeto de voltar a residir em sua terra Natal, o que seria necessário caso se elegesse governador.

Fábio traça duas possibilidades para 2022: ser candidato a vice-presidente da República na chapa de Bolsonaro ou disputar a vaga de senador pelo RN. A primeira opção, embora seja mais difícil, tem o respaldo, simpatia e desejo do sogro Sílvio Santos, o homem do Baú.

Já Rogério Marinho assumiu a condição de pré-candidato a senador por entender que não é o momento de disputar o Governo do RN, levando em conta as dificuldades que o estado enfrenta e o histórico recente em que ex-governadores tiveram seus currículos comprometidos em razão de gestões desaprovadas.

Entretanto, não se pode descartar totalmente a possibilidade de Rogério ser candidato a governador. Se o presidente Bolsonaro pedir, por entender que precisa de candidatos ao governo em todos os estados para fortalecer o seu palanque à reeleição, certamente o titular do Desenvolvimento Regional aceitaria o “sacrifício”.

O fato é que não é só Fábio e Rogério que não querem ser candidato a governador em 2022. Outros políticos tarimbados não aceitam nem ouvir falar sobre essa possibilidade. Os ex-senadores José Agripino Maia (DEM) e Garibaldi Filho (MDB), que também já foram governadores, encerram qualquer iniciativa neste sentido. O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB) também disse não.

Talvez, e provavelmente, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, presidente estadual do PSDB, seja o nome que a oposição “sonha” para disputar com a governadora Fátima Bezerra. Ele tem dito que não, mas os bastidores dão outra resposta. Se as pesquisas internas oferecem leitura positiva, ele teria “coragem” de disputar para governador do Rio Grande do Norte.

O fato é que até o momento Fátima Bezerra não tem adversário. Caminha sozinha para a reeleição. Isso, porém, não é uma garantia de facilidades. A disputa pelo Governo do RN nunca foi fácil e nem será fácil agora.

De César Santos

Prefeito de Santana do Seridó/RN, Hudson Pereira de Brito foi empossado na manhã de hoje (31/05/2021), em Brasília, como 2º Secretário da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) para a Gestão 2021-2024.

Morre João Miguel, filho de Whindersson Nunes e Maria Lina