Parelhas: Dr. Tiago lidera pesquisa com 37% das intenções de voto

*ELEIÇÕES 2020* Em cenário com três candidatos, e considerando apenas os votos válidos, isto é, eliminando as intenções de voto em branco ou nulo e os indecisos, Dr. Tiago Almeida tem 53,8%; Alexandre Petronilo, 42,9%; e Aurélio Macedo, 3,3%. Levantamento traz, ainda, números de rejeição, avaliação dos governos Fátima Bezerra e Jair Bolsonaro e outras informações

Faltando pouco mais de dois me- ses para a votação, o médico or- topedista Tiago Almeida lidera as intenções de voto para a Prefeitura de Parelhas nas eleições de 2020. É o que aponta a mais recente pesquisa do Instituto Exatus, encomendada pelo Agora RN para medir a tempera- tura da pré-campanha no município, que fica na região Seridó, a cerca de 260 Km de Natal. Segundo o levan- tamento, Dr. Tiago, como ele é mais conhecido, está em primeiro lugar na preferência do eleitorado em todos os cenários testados.
No primeiro cenário da pesquisa estimulada, quando é apresentada ao entrevistado uma lista dos prováveis candidatos, Dr. Tiago aparece com 37% das intenções de voto. Ele é se- guido pelo atual prefeito, Alexandre Petronilo, que soma 29,5% das cita- ções. O ex-vereador Aurélio Macedo é o terceiro, com 2,3%. Segundo a pesquisa, 6,5% não sabem ou não qui- seram responder ao item, enquanto 24,8% disseram que pretendem votar em branco ou nulo.

Prefeito Alexandre Petronilo tem gestão bem avaliada, mas está em 2o
nome como o seu preferido, Dr. Tia- go também lidera. Ele aparece com 32,5% das citações, contra 26,5% do prefeito Alexandre Petronilo. Tam- bém pontuaram o ex-prefeito Antô- nio Petronilo (5%), o deputado esta- dual e ex-prefeito Francisco do PT (2,5%), o ex-vereador Aurélio Macedo (2%) e o vereador Humberto Gondim (1%). Segundo a Exatus/Agora RN, 19,8% não souberam ou não quise- ram responder ao item, enquanto 10,7% pretendem votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos que surgirem.
Considerando apenas os votos válidos, Dr. Tiago tem 46,8%, segui- do de Alexandre (38,1%) e Antônio Petronilo (7,2%), Francisco do PT (3,6%), Aurélio (2,9%) e Humberto Gondim (1,4%).
Foram entrevistadas 400 pessoas em Parelhas entre os dias 13 e 14 de agosto. A margem de erro é de 4,7% para mais ou menos, com índice de confiança de 95%. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o código RN-09578/2020.

*Médico ortopedista Tiago Almeida lidera em todos os cenários*

Considerando apenas os votos válidos, isto é, eliminando as inten- ções de voto em branco ou nulo e os indecisos, Dr. Tiago tem 53,8%; Alexandre Petronilo, 42,9%; e Aurélio Macedo, 3,3%.
O Instituto Exatus também testou um cenário com apenas dois candida-
tos: Dr. Tiago e Alexandre Petronilo. Nesta rodada, a distância entre os dois diminui, configurando pratica- mente um empate técnico. O médico, contudo, aparece numericamente à frente, com 39,5% das intenções de voto, enquanto que o atual prefeito foi escolhido por 33,5% dos entrevistados.
10,5% não souberam ou não quiseram responder ao item, enquanto 16,5% afirmaram que pretendem votar em branco ou nulo. Considerando só os votos válidos, Dr. Tiago tem 54,1%, contra 45,9% de Alexandre.
Na pesquisa espontânea, quando os eleitores podem citar qualquer

O Instituto Exatus também pe- diu aos parelhenses uma avaliação das gestões da governadora Fátima Bezerra e do presidente Jair Bolso- naro. Em relação à gestão estadual, 51,3% aprovam e 42,3% desapro- vam. Outros 6,4% não souberam ou não quiseram responder. Não souberam ou não quiseram res- ponder ao item 6,4% dos entrevis- tados. Já em relação a Bolsonaro, 49% disseram aprovar o governo federal. Outros 45% desaprovam
o trabalho do presidente. Por fim, 6% não sabem ou não quiseram responder a esse item da pesquisa.
A pesquisa mostrou, ainda, que os eventuais apoios de Fátima e Bol- sonaro a candidatos em Parelhas não seriam imprescindíveis para a vitória.
Pelo contrário: 54,4% dos entre- vistados disseram que não votariam em um candidato apoiado pelo pre- sidente da República e 2,3% ainda fri- saram que não votariam “de maneira nenhuma”. Já 20,2% declararam que votariam em um candidato de Bol- sonaro e 7,3% ressaltaram que “com certeza” votariam. 13% disseram que talvez votariam, enquanto 2,8% não souberam ou não quiseram respon-
der ao item.
Em relação a Fátima Bezerra,
48,8% dos entrevistados responde- ram que não votariam em um can- didato apoiado pela governadora e 0,5% não votariam “de maneira ne- nhuma”. Outros 28,8% afirmaram que votariam, enquanto que 5% “com certeza” votariam. 13,5% de- claram que talvez votariam e 3,4% não souberam ou não quiseram responder ao item.
Rejeição
O atual prefeito de Parelhas, Alexandre Petronilo, lidera no
quesito rejeição. Segundo a pes- quisa, 22,2% disseram que jamais votariam nele para a reeleição. Aurélio Macedo é rejeitado por 12,3%, seguido por Dr. Tiago, com 9,3%; Humberto Gondim, com 9,3%; e Francisco do PT, com 5,2%. Os demais não chegaram a 1% das citações. 32,6% não sabem ou não quiseram responder ao item da pesquisa, enquanto que 8,2% pre- tendem votar em branco, nulo ou nenhum dos candidatos.
Sem comícios
Os parelhenses também de-
clararam na pesquisa Exatus/ Agora RN que desejam uma cam- panha atípica este ano, por causa da pandemia do novo coronaví- rus. Para 80,5%, a campanha de- ve ser sem comícios e passeatas, sendo concentrada nas redes sociais e na televisão. 6% declara- ram que a eleição deve acontecer como sempre foi, com aglomera- ções, apesar da Covid-19. Houve ainda quem respondesse que não deveria haver eleição este ano (2,5%), que deveria haver apenas a votação (0,3%) e que tanto faz (0,3%). Não souberam ou não qui- seram responder ao item 10,4% dos entrevistados.