Parelhas recebeu a 2ª etapa do Campeonato Estadual de Judô, primeira vez que o evento é realizado na cidade.



Neste sábado (20), a cidade de Parelhas se tornou capital do judô. O município recebeu a segunda etapa do Campeonato Estadual de Judô do Rio Grande do Norte.

Com apoio da Prefeitura Municipal, a organização da FJERN – Federação de Judô do Rio Grande do Norte, realizou a segunda etapa do campeonato, ao todo mais de 397 atletas se inscreveram sendo dos municípios de Currais Novos, Caicó, Picuí, São Vicente, Barra de Maxaranguape, Assú, São Bento do Trairi, para competirem em diversas categorias, desde o infantil, que são iniciantes ao Master, atletas que já fizeram história dentro do judô do RN, tornando o maior evento Estadual de judô realizado no Seridó.

Presente no evento, o prefeito de Parelhas, Dr. Tiago Almeida, emocionado, falou da importância desta arte marcial, do papel dela na sua vida e do orgulho de estar representando o poder executivo da nossa cidade e ainda, oportunizar a competição em nossa região.

“Estamos aqui, no ginásio Ovídio Dantas, cumprindo mais uma proposta do nosso governo que é trazer competições de artes marciais para o nosso município. Hoje está acontecendo o campeonato de judô, com mais de 300 atletas, com suas famílias, professores, fomentando o esporte e girando a economia da cidade. Receber um evento deste nível em nosso município,
com todos os atletas de diversas cidades do estado presentes, é muito gratificante”, comentou o prefeito Dr. Tiago.

“É a primeira vez que estamos realizando o torneio em Parelhas, conversamos com o prefeito Dr. Tiago no início do ano, e ele revelou o interesse de fazer um evento na cidade, então resolvemos fazer a segunda etapa do Estadual. Algumas cidades da região já têm tradição no judô há algum tempo e esperamos que Parelhas se torne um pólo também. Temos projetos sociais que com certeza vai fomentar e difundir o judô, como programa de acolhimento aos jovens de risco e vai ser muito legal. Agradeço ao prefeito Dr. Tiago pela força e pela parceria”, falou Herbet Maia, presidente da FJERN, Federação de Judô do Rio Grande do norte.