O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo. Por isso, vários movimentos, a exemplo do Outubro Rosa, foram criados com o objetivo de compartilhar informações e estimular a prevenção da doença. Para proporcionar maior acesso aos diagnósticos e tratamentos, a Prefeitura de Parnamirim, iniciou na manhã de hoje (20), juntamente com a Secretaria de Saúde (SESAD) e o Grupo Reviver, a realização de exames de mamografia. A ação irá abranger todo o município, com atendimentos ao longo de todo o ano, uma vez que o diagnóstico precoce aumenta em até 90% as chances de cura. Essa semana, a Unidade Móvel estará localizada em frente a Unidade Básica de Saúde (UBS) II, em Passagem de Areia.

Até dezembro, durante uma semana de cada mês, os serviços serão ofertados às mulheres entre 40 e 69 anos, que já possuem o requerimento para a realização do exame. Para obter essa solicitação, a moradora deverá agendar uma consulta na própria UBS, a fim de regular o encaminhamento. Nessa semana, a Unidade deverá concentrar os atendimentos para as residentes de Passagem de Areia, Bela Parnamirim e Santa Tereza. A expectativa é realizar até 150 atendimentos nestes cinco dias. Os resultados serão disponibilizados em até 15 dias e devem ser retirados na própria UBS.

De acordo com a Secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, a função principal desse mutirão é demostrar a importância do assunto ao longo de todo o ano. “Detectar a doença em fase inicial possibilita iniciar o tratamento logo em seguida. Dessa forma, as chances de cura aumentam consideravelmente e os impactos da doença são minimizados”, disse. A secretária ressaltou que é preciso estar atento e que o autoexame também é fundamental para a prevenção.

O Grupo Reviver nasceu em 2012 da iniciativa de mulheres que foram diagnosticadas com câncer. Até o momento, cerca de 14 mil mamografias já foram realizadas. De acordo com a presidente do grupo, Ana Tereza Mota, “Existem diferentes tipos de câncer de mama, alguns mais agressivos do que outros. As chances de cura reduzem significativamente quanto mais tarde a doença é descoberta. Por isso precisamos viabilizar ao máximo esse atendimento”, concluiu.

Além do encaminhamento médico, a paciente deverá apresentar comprovante de residência de Parnamirim, Identidade, CPF e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). A equipe ficará disponível de 7h30 às 15h de hoje até quinta-feira.