in

Partidos apoiam liberação de reeleição de Alcolumbre, mas querem barrar a de Maia

Deputados e senadores têm se articulado no Congresso para descasar os destinos do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Ambos planejam se reeleger, contudo partidos têm optado por defender a liberação da reeleição de Alcolumbre, mas querem barrar a de Maia. A tese é que Maia não poderia concorrer a novo mandato no comando da Câmara por já ter sido reeleito, ao contrário de Davi no Senado.

Entre os parlamentares que seguem esse raciocínio está o líder do PT no Senado, Rogério Carvalho (SE), e o do PSD na Câmara, Diego Andrade (MG). “A reeleição deve ser permitida, independentemente da legislatura. Maia já foi reeleito, Davi, não”, afirma Carvalho.

Segundo ele, essa é a opinião pacificada da bancada petista do Senado. Diego Andrade, por sua vez, formalizou a posição em abaixo-assinado nesta terça (1º).

Na próxima sexta-feira (4) o tema começa a ser julgado em sessão no Supremo Tribunal Federal (STF).

ALRN aprova PEC que permite repassar recursos de emenda direto aos municípios

Fisiculturista se casa com boneca hiper-realista: ‘Casais precisam falar menos’