A eleição do Rio Grande do Norte deverá ser definida em dois turnos entre Fátima Bezerra e Carlos Eduardo Alves, que têm 42% e 31% dos votos válidos, respectivamente, na projeção para a eleição deste domingo, segundo pesquisa Seta.

No campo da pesquisa de 29 de setembro e 1º de outubro, Fátima tinha 50% dos votos válidos, indicando a possibilidade de vitória em primeiro turno, contra 25% de Carlos Eduardo. O governador Robinson Faria oscilou 1% para baixo, indo de 18% para 17%.

Nesse cenário, em que não são contabilizados votos brancos e nulos, Breno Queiroga marca 6% e Professor Carlos Alberto tem 3%. Dário Barbosa marcou um ponto

A candidata do PT ao Governo do RN, Fátima Bezerra, terminou a campanha eleitoral com 29% de intenções de votos estimuladas, indica pesquisa Seta, uma queda de três pontos percentuais sobre o último levantamento, com campo entre 29 de setembro e 1º de outubro.

;o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves subiu de 16% para 21% no período. Já o governador Robinson Faria oscilou de 11% para 12%

Breno Queiroga dobrou as intenções, passando de 2% para 4% e o Professor Carlos Alberto manteve os mesmos 2%.

Votos nulos e em ninguém são 27% e 5% não souberam ou não quiseram responder.

A pesquisa foi realizada nos dias 3 e 4 de outubro. Foram 1.700 entrevistas nas regiões do Estado. O levantamento tem margem de erro de 2,4% e intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada sob os protocolos BR-00101/2018 e RN-01594/2018.