Delegado da Polícia Civil de Caicó, Hildebran Batista - Divulgação
O delegado da Polícia Civil de Caicó, Hildebran Batista confirmou que conversou com familiares da freira Terenice Souza Vilas Bôas, 47 anos, encontrada morta em um quarto do Educandário Santa Terezinha na madrugada do último domingo, 29 de outubro em Caicó, na Região Seridó potiguar, após um incêndio de causas desconhecidas.
Segundo o delegado que investiga o caso, ele disse que conversou realmente com familiares da irmã encontrada morta e procurou saber dos últimos contatos que a religiosa manteve e ouviu deles que Irmã Terenice não demonstrava estar enfrentando nenhum problema e falava somente do seu trabalho.
O delegado Hildebran Batista ainda disse que tomou conhecimento apenas que a freira não era satisfeita quando estava na cidade de Nova Cruz aqui no Rio Grande do Norte, por isso sua vinda para Caicó.
Sobre as investigações, o delegado não quis adiantar muitas informações deixando escapar que existem ainda alguns pontos a serem esclarecidos no andamento dos trabalhos.
*As informações foram repassadas à reportagem do Blog Cardoso Silva