in

Polícia conclui que auxiliar de enfermagem desviou imunizante e aplicou ‘vacina de vento’ em idosa de 85 anos



A auxiliar de enfermagem Adenilde Lourenço da Silva, que aplicou uma “vacina de vento” em uma idosa de 85 anos em Copacabana, na Zona Sul do Rio, foi indiciada nesta sexta-feira pela 12ª DP (Copcabana) pelos crimes de peculato e infração de medida sanitária preventiva. A delegada titular da unidade, Bianca Lima, ainda pediu à Justiça o afastamento da auxiliar de seu cargo público.

Para a polícia, as investigações constataram que Adenilde desviou a dose que deveria ter sido aplicada na idosa, uma vez que a paciente consta na lista do posto de saúde como uma das pessoas vacinadas no dia 27 de janeiro, apesar disso não ter ocorrido.


Guedes diz que auxílio deve começar em abril e prevê inflação em 6% até julho

Prefeito de Caicó anuncia 1.800 tomografias para pacientes com indicação do exame em atendimento no Centro Covid-19