Prefeito de Monte das Gameleiras rebate Estadão e afirma que mirante está no Plano de Governo há 4 anos



Em resposta à matéria publicada nesta segunda-feira (20) pelo jornal Estado de São Paulo (Estadão), o prefeito de Monte das Gameleiras (RN) afirmou que o mirante faz parte do Plano de Governo do município há mais de 4 anos e que teme perder os recursos destinados pelo deputado Beto Rosado para a execução da obra.

De acordo com o Estadão, a construção do mirante seria feita em um local próximo de um terreno onde o ministro Rogério Marinho pretende construir um condomínio. A reportagem diz, ainda, que Rogério Marinho afirmou que a verba destinada à obra do mirante partiu do Ministério de Turismo a pedido do deputado federal Beto Rosado.

“É até difícil de entender. Lutamos tanto por esses recursos para construir uma obra que outras cidades próximas já possuem, que é um mirante. Essa emenda é do deputado Beto Rosado, que foi bem votado em nossa cidade e nem sei porque estão colocando o ministro no meio”, afirmou Jailton Félix.

O prefeito disse, ainda, que foi à Brasília várias vezes em busca desses recursos para o mirante e que procurou o deputado Beto Rosado porque ele é um parceiro da sua gestão.

Após essa polêmica, Jailton Félix afirmou temer perder os recursos obtidos pela prefeitura: “Já é tão difícil conseguir uma emenda que a gente fica com medo de ser prejudicado. Uma cidade de pequeno porte como a nossa precisa muito desse investimento. Se não vier quem perde é o município, a população e o RN”.

*Com informações do Portal Grande Ponto