Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, é diagnosticado com novo nódulo no fígado



O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi diagnosticado com um novo nódulo no fígado. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a equipe médica do político informou que ele foi internado na terça-feira (16) no Hospital Sírio-Libanês para exames de controle.

Conforme a nota, os exames feitos nesta quarta (17) mostraram que a “radioterapia no controle dos linfonodos, próximos ao estômago” teve sucesso, contudo, a presença de um novo nódulo foi detectada. Por causa disso, o tratamento de imunoterapia foi interrompido e agora o prefeito voltará para a quimioterapia.

O comunicado afirma ainda que, inicialmente, Covas passará por quatro sessões de 48 horas a cada 14 dias. Quando o ciclo for encerrado, ele passará por novos exames. A quimioterapia foi iniciada já nesta quarta e ele vai continuar internado até sábado (20).

Em outubro 2019, Burno Covas foi diagnosticado com um câncer na cárdia, que fica localizado na transição entre o estômago e o esôfago. Em abril do ano seguinte, a equipe do Sírio-Libanês informou que ele continuava com um câncer nos linfonodos e o tratamento deveria ser continuado com imunoterapia.