Preoucupante: Covid: RN tem mais pacientes na fila do que leitos críticos disponíveis




Os leitos disponíveis para tratamento dos infectados pela Covid-19 estão cada vez mais escassos no Rio Grande do Norte. Até às 10h40 da manhã desta segunda-feira (22) havia uma fila de 45 pessoas à espera de um leito crítico para tratamento da doença, enquanto apenas 44 leitos estavam disponíveis, segundo dados da plataforma Regula RN, que é alimentada com informações das secretarias municiais e estadual de saúde.

Com isso, já começa a faltar leito para a demanda crescente de pacientes em todas as regiões do Rio Grande do Norte. Os dados podem mudar a qualquer momento, já que são atualizados em tempo real pela plataforma.

Quando se trata só de Região Metropolitana de Natal a situação é ainda mais crítica: são 44 pacientes na fila para apenas 27 leitos disponíveis.

A ocupação atual de leitos críticos no Estado é de 81,25%, mas a tendência é aumentar, já que a fila está maior que a quantidade de unidades de tratamento disponíveis.

Ao todo, 8 hospitais públicos do RN estão com 100% de ocupação dos leitos críticos de covid-19. Outras seis unidades estão com ocupação acima de 80%, mas ainda não estão completamente lotadas.

O Governo do Estado anunciou neste final de semana a abertura de 39 leitos críticos covid nos próximos 15 dias. A Prefeitura de Natal fará uma coletiva de imprensa logo mais às 11h para anunciar novas medidas de combate ao coronavírus.