Promessa do Palmeiras potiguar Gabriel Veron pode está sendo negociado por aproximadamente 300 milhões de reais.



Em entrevista na semana passada aos colegas do portal Nosso Palestra, Edu Dracena reforçou que o dinheiro da venda total de Dudu ao Al-Duhail, do Catar, talvez não seja suficiente para evitar a perda de um dos garotos da base do Palmeiras. Após a tríplice coroa em 2020, o time de Abel Ferreira revelou várias promessas ao futebol europeu, como Patrick de Paula, Gabriel Menino, Danilo, Wesley, Renan e Gabriel Veron.

Em 2019, o potiguar Veron era considerado por especialistas como a maior esperança da base do Verdão, sendo campeão mundial sub-17 com a Seleção Brasileira e com o próprio Palmeiras. Na última temporada, o atacante oscilou bastante em sua primeira temporada inteira no profissional e amargou vários lesões musculares.

Terminou 2020 perdendo as finais dos principais campeonatos pelo Palmeiras por sua condição física. Neste começo de temporada, Veron vem sendo prioridade do departamento de preparadores físicos da Academia de Futebol de maneira a melhorar talvez o único aspecto que deixa a desejar, já que talento ele tem de sobra.

Mas não é porque Veron não vem jogando que o interesse europeu cessou no mercado. Há pouco, o colega Fernando Fernandes, da TV Bandeirantes, informou que o camisa 27 acabou de ser vendido a um gigante da Premier League. O jornalista não confirmou qual dos Manchesters, City ou United, mas revelou que “€ 50 milhões (cerca de R$ 332 milhões na cotação atual) vai cair na conta do Palmeiras”.

A diretoria do Palmeiras não comenta especulações de mercado, mas até aqui Abel Ferreira conta com o atacante de 18 anos para a temporada. Veron tem contrato até setembro de 2025 e possui mula avaliada em € 60 milhões (quase R$ 400 milhões).

Até aqui, a venda de Gabriel Jesus ao City em 2016 é a maior anunciada pelo Palmeiras. À época, o time de Pep Guardiola desembolsou cerca de € 32,75 milhões (cerca de R$ 121 milhões na cotação da época).

Com informações de Bola Vip