Proposição do Vereador Luciano Nascimento câmara de Natal entrega a Comenda de Honra ao Mérito Artístico Cantor Carlos Alexandre



Instituída em outubro passado, a Comenda de Honra ao Mérito Artístico Cantor Carlos Alexandre foi entregue, pela primeira vez, nesta segunda (07), em sessão solene na Câmara Municipal de Natal. A honraria foi criada para ser conferida a pessoas que, reconhecidamente, tenham prestado relevantes serviços para o desenvolvimento da cultura e da arte, em especial à arte musical, no Município do Natal ou que tenham se destacado pela atuação.

“O quão seria triste a vida sem a música”, indagou o vereador Luciano Nascimento (PTB), na justificativa da proposição da criação da Comenda, que disse ser “uma forma de trazer a valorização de tão importante expressão artística personificada num conterrâneo que infelizmente partiu tão cedo, porém em tempo de deixar valorosa produção, que até os dias atuais encanta grande legião de ouvintes”.

O vereador ainda disse que, mesmo tendo apenas oito anos de idade quando Carlos Alexandre morreu, é fã do artista, pois cresceu ouvindo em casa com os pais e os tios. Com relações estreitas com diversos músicos da zona Oeste de Natal, onde estão suas bases eleitorais, o vereador se mostrou muito emocionado da primeira sessão solene de propositura dele ser para homenagear cantores e cantoras de toda Natal.

Foram 23 os homenageados que tiveram seus nomes escritos na primeira página do “Livro de Registro de Concessão da Comenda de Honra ao Mérito Artístico Cantor Carlos Alexandre”. Entre eles, o filho do cantor que dá nome à honraria, Calos Alexandre Júnior, que também vive da música, numa carreira inspirada pela memória do pai, desde os 16 anos de idade.

“Estou muito honrado de estar aqui hoje representando meu pai e feliz pela Câmara Municipal de Natal, através do vereador Luciano Nascimento, 32 anos depois da morte dele fazer essa homenagem. Estou sem palavras”, disse Júnior. Atualmente, ele mantém parceria musical com o apresentador e cantor Cyro Robson, que destacou a importância do reconhecimento aos artistas da terra. “Carlos Alexandre é um ídolo e era meu amigo. Essa homenagem é duplamente feliz, por levar o nome dele e por valorizar os artistas do RN, que são muito sofridos, a começar pelos baixos cachês que recebem”, afirmou ele que também foi agraciado com a Comenda.

Apesar de já ter alcançado destaque nacional e internacional, Júnior Groovador disse que receber a Comenda Carlos Alexandre representa um reconhecimento importante, principalmente depois da pandemia que calou muitos artistas. “Esse é um momento de orgulho. Quero parabenizar todos os vereadores desta Casa”, afirmou.

“Essa Comenda preenche uma lacuna na cultura potiguar, homenageando a memória de um dos maiores artistas que o Rio Grande do Norte já produziu”, festejou o presidente da Fundação Capitania das Artes, Dácio Galvão.

Pedro Soares Bezerra, que se eternizou como Carlos Alexandre, nasceu em Nova Cruz/RN, mas ainda criança veio morar em Natal, no bairro da Cidade da Esperança. A carreira músical começou em 1975. Entre os grandes sucessos está “Feiticeira”, que vendeu 250 mil cópias e lhe rendeu um dos 17 discos de ouro, platina e prata que conquistou. O cantor morreu em 30 de janeiro de 1989, em um acidente automobilístico, entre Tangará e São José de Campestre, e está sepultado no Cemitério Bom Pastor, onde, até os dias atuais, é reverenciado por muitos fãs que vão visitar o túmulo para prestar homenagens.