Essa é apenas uma das propostas apresentadas pelo vereador de São Gonçalo do Amarante, que é pré-candidato a deputado federal nas eleições de outubro
Disposto a interagir e a dialogar com a população dos municípios potiguares, o vereador e pré-candidato a deputado federal Raimundo Mendes disse – em entrevista à Rádio Jovem Pan em Caicó, onde participa da 45ª Exposição Agropecuária do Seridó – que, em caso de eleição, sua principal bandeira de luta será a implementação do Programa “Água para Todos”, para acabar – de vez – com o problema da falta d’água.
Questionado pela reportagem da Jovem Pan se realmente é simples assim acabar com a falta d’água, Raimundo Mendes respondeu de forma afirmativa e proativa, destacando que a Petrobrás realizou estudos geológicos detalhados em busca de petróleo por todo o Estado e acabou descobrindo que há inúmeras bacias aquíferas no subsolo potiguar.
Raimundo Mendes disse ainda que uma parceria entre prefeituras e governo federal para a compra de máquinas perfuratrizes seria suficiente para a instalação de poços artesianos que garantiriam água para irrigação e para os animais. “Às vezes a água, dependendo do nível de salinidade, não é boa para o consumo humano, mas serve perfeitamente para outros usos, como irrigação, além de matar a sede dos animais”, avaliou Mendes.
Para o pré-candidato a deputado federal, não dá para acabar com a seca por se tratar de uma questão de natureza climática, mas é possível eliminar o problema da falta d’água. “Em dez anos, utilizando as máquinas para cavarem os poços, esse problema estaria resolvido em todo o Estado”, complementou Mendes. Desta forma, a economia do interior potiguar passaria a produzir riquezas, por meio da agricultura e da pecuária, ao invés de exportar miséria.
Grupo político de Raimundo Mendes vai apoiar Robinson Faria para a reeleição
Enfático, Raimundo Mendes informou que o grupo político de seu partido – o PMB, no qual é presidente no Estado – vai apoiar o governador Robinson Faria para a reeleição e destacou, ainda, que está em conversas avançadas com outros nove partidos. Raimundo Mendes afirmou que a chapa proporcional do PMB terá 48 candidatos para deputado estadual e 16 para federal.
“Se cada candidato a deputado estadual tiver 5 mil votos, em média, conseguiremos eleger 4. Na eleição para deputado federal, se cada candidato tiver uma média de 20 mil votos, elegeremos um e colocaremos outro em disputa acirrada para uma segunda vaga”, explica. Raimundo Mendes também disse que o PMB foi criado em fevereiro de 2016 e já elegeu 16 vereadores e um vice-prefeito em terras potiguares.