Reitor do IFRN tem nome envolvido em denúncia de plágio na tese de doutorado

O reitor pro tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Josué Moreira de Oliveira, é alvo de uma nova polêmica. Esta semana, ele teve o nome envolvido em uma polêmica sobre suposto plágio acadêmico na tese entregue para obtenção do título de doutorado na Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa). Uma denúncia publicada nas redes sociais aponta que o trabalho científico tem 36 trechos idênticos ao de outras publicações.