Empresários convocam todos quantos possam ajudar a contribuir com ‘vaquinha’ para consertar respiradores mecânicos.

São 14 equipamentos. Eles estimaram um custo de pelo menos 20 mil reais.

Quem lidera o movimento é o presidente da CDL, José Lucena.

Os respiradores estão jogados em depósito há algum tempo. Eles são fundamentais para pacientes que precisaram de CTI no tratamento contra covid-19.

Fonte/ Blog do Dina