Rio Grande do Norte recebe sinal de TV digital, conectividade e incentivo à agricultura familiar


_Ministros das Comunicações, Fábio Faria, e da Cidadania, João Roma, lançaram nesta quarta-feira (16/6) em Mossoró programas que beneficiam população do estado_

Muito mais conectividade, informação, sintonia e desenvolvimento no Rio Grande do Norte. O Ministério das Comunicações (MCom) e o Ministério da Cidadania realizaram, nesta quarta-feira (16/6), entregas e anúncios de programas que digitalizam o estado, ampliam acesso à internet, fortalecem o setor de radiodifusão e beneficiam a agricultura familiar.

O objetivo é garantir cidadania, inclusão digital e reduzir as desigualdades sociais. As ações foram apresentadas durante evento realizado em Mossoró (RN). “Não vai ter nenhuma localidade do Brasil que não vai ter internet”, enfatizou Faria.

Um dos anúncios foi a chegada do sinal de TV digital no estado. O MCom lançou a fase 1 do programa Digitaliza Brasil. A iniciativa irá transformar a recepção do sinal de TV analógico para digital. Ao todo, 17 municípios estão aptos a receberem a infraestrutura e equipamentos necessários para a digitalização.

“A gente vai trocar todas antenas analógicas por antenas digitais. Existem ainda 1638 municípios no Brasil que só têm sinal analógico e as pessoas não podem usufruir das novidades que a TV digital traz. Então, estamos trazendo o Digitaliza Brasil para mudar essa realidade”, destacou o ministro Fábio Faria.

A cerimônia também contou com a presença do ministro da Cidadania, João Roma, parlamentares e autoridades públicas de Mossoró. No evento, o ministro da Cidadania, João Roma, assinou o aditivo para liberação de recursos para o Programa de Aquisição de Alimentos – PAA Leite. O programa é uma das principais políticas de apoio e incentivo à agricultura familiar no Brasil.

Por meio dessa iniciativa, agricultores, cooperativas e associações vendem seus produtos para órgãos públicos.
O convênio repassa ao governo do estado do Rio Grande do Norte mais de R$ 36 milhões. No RN, são atendidas 17.179 famílias, totalizando mais de 100 mil potiguares beneficiados direta ou indiretamente.