O Hospital Giselda Trigueiro, escolhido pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) como unidade de referência para tratamento do coronavírus, internou o primeiro paciente com suspeita da doença. De acordo com informações da unidade hospitalar, o homem teve contato com um grupo de chineses que estava em Pipa, no litoral sul do Rio Grande do Norte. Esse é o primeiro caso suspeito registrado no estado potiguar.

A suspeita foi levantada em uma consulta de rotina. Devido a um tratamento de Hemodiálise, o homem vai costumeiramente ao hospital. Dessa vez, no momento da triagem, ele comentou com o médico que estava gripado e que havia tido contato, em Pipa, com pessoas vindas da China. Imediatamente, o médico encaminhou o rapaz para o Giselda Trigueiro, já que no local existem leitos prontos em condições de isolamento para receber as possíveis vítimas da epidemia.

Segundo a direção do hospital, é pouco provável que o caso seja mesmo de coronavírus, mas a suspeita não pode ser descartada. Por isso, todo o cuidado e procedimento tem sido adotado

Fonte / portal da Tropical