Rogério Marinho assina convênios para investir mais de R$ 11 milhões em segurança hídrica no RN




Com o objetivo de garantir segurança hídrica no estado do Rio Grande do Norte, o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai investir mais de R$ 11 milhões em obras hídricas nas cidades de Cerro Corá, Brejinho, São Tomé, Venha-ver, Macaíba, Caraúbas, Água Nova e Marcelino Vieira. Recursos serão usados em sistemas de abastecimento de água, barragem e adutoras.

“Oferecer água de qualidade para consumo humano é fundamental para a saúde e a qualidade de vida das famílias desta região, que tradicionalmente sofre com a falta de chuvas”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Garantir segurança hídrica para a população brasileira, sobretudo a da Região Nordeste, é uma das prioridades desta gestão e estamos empenhados em cumprir essa tarefa”, completou.

“Serão oito municípios potiguares que, nesse início, terão a segurança hídrica ampliada pelo MDR. Vamos continuar trabalhando para que a população do estado e de todo o país possa ter o insumo mais importante dentro das suas casas, a água. Esse é o nosso compromisso, o compromisso do futuro com mais empregos e dignidade”, reforçou o diretor de Obras Hídricas, Francisco Igor Nunes.

Com a formalização dos convênios, os municípios iniciarão os projetos, que serão encaminhados para análise da equipe técnica do MDR. Após essa fase, os processos licitatórios serão realizados e as cidades começarão a receber os recursos para as intervenções.

O maior aporte previsto será direcionado à cidade de Macaíba. O valor de R$ 3 milhões será destinado à implantação de sistemas de abastecimento simplificados, com perfuração e instalação de poços tubulares na zona rural do município. As obras devem beneficiar cerca de 30 mil pessoas e o prazo estimado para execução do projeto é de 36 meses.

Para a cidade de Caraúbas, estão previstos R$ 2,2 milhões, que serão utilizados na implantação de sistema de abastecimento de água na região de Mariana, comunidade localizada na zona rural do município.

Já Água Nova deverá contar com cerca de R$ 500 mil para implantação de sistema de abastecimento de água na comunidade rural de Nafuê. No total, cerca de 3 mil pessoas serão beneficiadas.

A cidade de Venha-ver tem previsão de receber R$ 980 mil para construção de três sistemas simplificados de abastecimento de água nas localidades de Sítio Bandeiras, Sítio Cactus e Sítio Formoso dos Robertos. Mais de 200 famílias da região serão beneficiadas.

Em São Tomé, o convênio celebrado prevê a construção da Barragem da Pitombeira, com investimentos de R$ 1,5 milhão.

Na zona rural do município de Marcelino Vieira, 115 famílias serão beneficiadas com a ampliação do fornecimento de água. Serão construídos quatro sistemas simplificados de abastecimento nas localidades de Sítio São José, Sítio Coito, Sítio Flexas e Sítio Pitombeira. Os investimentos previstos são de R$ 1 milhão.

Já para Cerro Corá, serão destinados R$ 900 mil para obra de infraestrutura hídrica, com serviços de distribuição de água por meio da adutora na zona rural.

Por fim, a cidade de Brejinho irá contar com R$ 1 milhão para a construção de adutora nas comunidades rurais de Barbaço e Tabuleiro.

Portal Grande Ponto