in

Rogério Marinho pede investigação da PF e CGU contra denúncias fakes do Estadão sobre compra de tratores



O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, enviou, nesta 3ª feira (11.mai.2021), ofícios ao Ministério da Justiça e Segurança Pública e à CGU (Controladoria Geral da União) pedindo investigação sobre o suposto superfaturamento de tratores pela estatal Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba).

O caso foi tema de uma reportagem do jornal Estadão publicada no domingo (9.mai.2021) que diz que o governo federal teria montado um “orçamento paralelo” para distribuir emendas do tipo RP9 (emendas de relator) a congressistas para aumentar sua base de apoio no Congresso.

Na mensagem enviada ao ministro Anderson Torres (Justiça e Segurança Pública), Marinho pede que a Polícia Federal tome providências para apurar o caso. Eis a íntegra (53 KB).

“Com a finalidade de adequadamente resguardar o interesse público bem como a lisura da aplicação dos recursos públicos federais, solicito a esse Ministério da Justiça e Segurança Pública a adoção das providências apuratórias a cargo da Polícia Federal com a urgência que o caso requer”, escreveu o ministro do Desenvolvimento Regional.

O ofício encaminhado ao ministro da CGU, Wagner Rosário, substitui apenas o nome dos órgãos. A mensagem é a mesma enviada a Anderson Torres. Eis a íntegra (53 KB).

Reportagem: Terrabrasilnoticias

Redução do nível de água da Lagoa do Bonfim será debatida hoje na Assembleia

Dr Tadeu trata da municipalização do trânsito em Natal com o vice-governador e secretário de segurança e recebe doação de carros da Polícia Federal