Ronaldinho pode ser preso se não pagar pensão da ex em sete dias


Caso não cumpra o pedido de execução até o dia 1º de dezembro, o ex-Barcelona, PSG e Milan poderá ter os bens penhorados até ser preso.

“Neste caso, o procedimento de execução, que já iniciamos para o recebimento do valor, já definido lá no processo que vai julgar a respeito da união estável, desta pensão provisória, não cabe esta discussão”, explica Bruno Medrado, advogado de Priscilla. “Se ele quiser reverter essa decisão, ele tem que ir no processo principal. Que foi o que deferiu esta pensão provisória de alimentos. Agora é pagar ou pagar”.