Se Álvaro não disser como pegou a Prefeitura, vai levar a culpa”, diz Paulinho Freire

Foto/José Aldenir

O presidente da Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire (PSDB) alertou que, diante das dificuldades do Executivo Municipal expostas à população, o prefeito Álvaro Dias (MDB) precisa contar como encontrou a Prefeitura de Natal quando iniciou sua gestão, caso contrário poderá levar a culpa de erros de administração do seu antecessor, Carlos Eduardo Alves (PDT).

“O prefeito Álvaro Dias precisa dizer como realmente pegou a prefeitura, senão ele vai levar toda a culpa. Ou ele diz como pegou e o que pretende fazer, ou vão dizer que em um ano ele esculhambou com a prefeitura”, revelou Paulinho ao programa “Manhã Agora”, apresentado pelo jornalista Tiago Rebolo na rádio Agora FM (97,9).

Álvaro Dias assumiu a prefeitura de Natal no dia 6 de abril de 2018, após o ex-prefeito Carlos Eduardo desistir de seu cargo para disputar o Governo do Estado, sendo derrotado pela atual governadora Fátima Bezerra (PT). O próprio Carlos Eduardo chegou a dizer em seus discursos eleitorais que havia deixado a prefeitura de Natal organizada para seu sucessor.

Recentemente, contudo, o prefeito comunicou que o Executivo deve passar por uma reforma em que cargos serão cortados no intuito de enxugar a máquina pública. Para Paulinho Freire, os cortes são necessários para que o município não se afunde na crise que vem vitimando o Estado.

“Os cortes são necessários, e não apenas esses. Sabemos que isso pode prejudicar algumas pessoas, mas precisamos pensar no município. Se continuar dessa maneira, vamos ter atrasos de salários, processo pelo qual o Governo do Estado passa hoje. É prudente que o prefeito faça essa reforma”, avaliou.

Álvaro Dias e Paulinho Freire se encontram nesta terça-feira, a partir das 15h, para a leitura anual do prefeito, em solenidade que marca a volta aos trabalhos da Câmara Municipal de Natal