in

Sem mostrar provas, Bolsonaro coloca em xeque apuração das eleições


Depois de poucos dos seus candidatos apadrinhados terem tido sucesso nas eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro colocou em xeque, mais uma vez, a confiabilidade do sistema eleitoral brasileiro. Para apoiadores nesta segunda-feira, 16, o chefe do Executivo voltou a citar o uso do voto impresso ao justificar que é preciso um sistema que “não deixe dúvidas” ou “margem para suposições”.

“Nós temos que ter um sistema de apuração que não deixe dúvidas. É só isso. Tem que ser confiável e rápido, não deixar margem para suposições”, disse. Na sequência, Bolsonaro mencionou desconhecer o uso do sistema eleitoral brasileiro, apurado por meio de urna eletrônica, em outros países no mundo.

No comando do MDB, Garibaldi e Walter comemoram o maior número de prefeitos eleitos no RN

Comemoração política acaba em morte em cidade do Rio Grande do Norte.