A missa do Domingo de Ramos, que marca a entrada da Semana Santa para a Igreja Católica, foi celebrada pelo papa Francisco neste domingo (5) sem a presença dos fiéis, em uma Basílica de São Pedro.

A celebração deserta ocorreu como medida de prevenção do novo coronavírus (Covid-19). No dia 15 de março o Vaticano anunciou que todas as celebrações litúrgicas da Páscoa seriam realizadas “sem a presença dos fiéis” na praça de São Pedro.

Neste domingo, em uma basílica vazia, somente com transmissão pelas mídias sociais, o papa abençoou os ramos e alguns religiosos que estiveram presentes, sentados em bancos afastados.

O mesmo deve ocorrer no próximo domingo, na Missa da Páscoa, celebração mais importante do cristianismo. “Hoje, no drama da pandemia, diante de tantas certezas que desmoronam, diante de tantas expectativas traídas, com o sentimento de abandono que oprime nossos corações, Jesus diz a cada um: ‘Coragem, abra seu coração ao meu amor Você sentirá o consolo de Deus, que o sustenta ‘, disse o papa argentino.