A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta quinta-feira (26) que, nos últimos dois dias, o mundo inteiro registrou mais de 100 mil novos casos do novo coronavírus. Segundo a organização, ao todo, já são mais de meio milhão de pessoas infectadas.

Na última segunda-feira (23), a OMS apresentou um balanço dos casos a cada 100 mil para alertar como a pandemia tem acelerado. Segundo a organização, os primeiros 100 mil casos de Covid-19 foram registrados em 67 dias, mas foram necessários apenas mais 11 dias para dobrar e atingir 200 mil casos e outros quatro dias para chegar a 300 mil casos.

O diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, afirmou que a pandemia tem acelerado a uma taxa exponencial. “Sem ação agressiva em todos os países, milhões poderão morrer”, informou em suas redes sociais.

O diretor-geral escreveu também que a pandemia do novo coronavírus é “a crise de saúde que define o nosso tempo. Estamos em guerra com um vírus que ameaça nos separar – se deixarmos.”

De acordo com monitoramento coordenado pela Universidade Johns Hopkins, até o meio da tarde desta quinta-feira (26) 510.108 pessoas testaram positivo para a Covid-19, doença provocada pelo vírus. O balanço ainda aponta 22.993 mortos e 120.983 recuperados