Sesap suspende temporariamente a realização de cirurgias eletivas no RN




A realização de cirurgias eletivas em unidades de saúde do Rio Grande do Norte estão suspensas temporariamente. A medida consta em portaria publicada na edição desta terça-feira (23) do Diário Oficial do Estado (DOE) e se justifica pela mudança do quadro da Covid-19 no RN, com aumento no número de casos e da taxa de ocupação de leitos críticos para o tratamento da infecção.

Estão suspensas, em caráter temporário, o agendamento e a realização dos procedimentos cirúrgicos em geral nas unidades hospitalares estaduais, além de recomendar a mesma ação nas unidades que compõem a Rede SUS (municipais e filantrópicas) e na rede suplementar. A Portaria recomenda ainda a suspensão de atividades presenciais, ambulatoriais, laboratoriais e de apoio diagnóstico, que não comprometam o cuidado continuado de pacientes, com o propósito de evitar aglomeração de pessoas nos ambientes de espera.


Alguns tipos de cirurgias poderão permanecer sendo realizadas como as vasculares, ortopédicas, cirurgias via demanda judicial e aquelas em que o adiamento possa agravar as condições de saúde do paciente. Nesse sentido, as unidades devem estabelecer medidas de gestão que possam garantir a segurança para realização das eletivas que estarão autorizadas.

Outra medida disposta na portaria é que as Unidades Hospitalares deverão disponibilizar os leitos e os espaços destinados aos procedimentos eletivos para atendimento e internações dos pacientes suspeitos ou confirmados quando incluídos dentro do Plano Estadual de enfrentamento ao COVID-19, ou dos Planos de contingência dos serviços.