SMS confirma o primeiro caso da variante Delta em Caicó: um rapaz de 16 anos


Foi confirmado nesta quarta-feira, 22: Caicó teve primeiro caso de variante Delta. Detectada pela primeira vez na Índia, em outubro de 2020, a mutação do vírus SARS-CoV-2 (causador da Covid-19), conhecida como Variante Delta (B.1 617.2, antes também chamada de variante indiana), já foi registrada em mais de 130 países, conforme divulgado pela Organização Mundial da Saúde, em 30 de julho de 2021.

“Trata-se de um rapaz de 16 anos, que apresentou os sintomas em agosto, colheu o swab dia 18 daquele mês, saindo o resultado dois dias depois, dia 20, positivo para Covid-19”, relata a coordenadora da Secretaria Municipal de Saúde, Jardênia Noronha.

Ela também confirmou que a ‘genotipagem’, que é o exame que detecta a Variante Delta, só teve resultado confirmado hoje, dia 22: “e foi positivo. O paciente disse que não viajou, mas teve contato com familiares viajantes”, informa Jardênia, que ainda afirmou que o jovem teve a doença de forma leve.

A equipe de monitoramento do município segue acompanhando o caso e os contatos que o mesmo teve.
“Devem ter outros casos da variante Delta em Caicó, mas podem apresentar a forma leve devido ao número de vacinados em nossa cidade”, finaliza Jardênia.

Sintomas da variante Delta – Dados Fiocruz
São semelhantes aos sintomas da variante Alpha e às de todas as variantes que existem hoje, que, na maioria das vezes, são quadros benignos de resfriado comum, mas também podem apresentar sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), podendo passar para uma vasta gama de sinais, como: obstrução nasal, coriza, tosse, dor de garganta, dor de cabeça, irritabilidade, falta de apetite, diarreia, vômitos, dor abdominal, manchas na pele, e outros sintomas muito parecidos às da variante Alpha, o que torna impossível clinicamente distinguir uma variante da outra. Lembrando também que muitas pessoas não apresentam sintomas, mas mesmo sendo assintomáticas transmitem o vírus, inclusive os vacinados também transmitem com cargas virais elevadas

Imagens ilustrativas