Styvenson chama Agripino de “bunda mole”

O Senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) criticou a fusão entre DEM e PSL – que anunciaram que se tornarão o partido União Brasil, de número 44. Será o maior partido do País em termos de bancada no Congresso – serão 82 deputados e 8 senadores em um primeiro momento.

Em entrevista à rádio 98 FM, o senador ironizou a necessidade de formação da legenda para dar mais força às candidaturas do chamado “centro democrático” e disse que os integrantes do União Brasil são “bunda mole”.

“O cara que sabe fazer política, o experiente, ele é tão bom que precisa de dinheiro, partido grande, tempo de televisão, se juntar com um monte de gente, fazer uma quadrilha, para poder ganhar. Mas não é bom? Faz só, porra. Faz como Styvenson. Tem coragem não. Tudo bunda mole”, afirmou o senador.

Perguntado se a crítica se dirigia também ao ex-senador José Agripino Maia, que será vice-presidente nacional da nova sigla, Styvenson disse que sim.

“Cadê? Está lá? Se para ganhar uma eleição precisa de televisão, tempo, fundo eleitoral gigantesco, precisa fazer esse tipo de acordo até com o Satanás para ganhar, qual o mérito de vencer uma campanha assim?”, finalizou.

Portal 98 FM