Styvenson é contra candidatura de Moro




O senador do Rio Grande do Norte (RN) Styvenson Valentim, do Podemos de Sergio Moro, disse a O Antagonista que não apoia uma possível aliança entre o ex-juiz e a União Brasil, partido resultante da fusão entre PSL e DEM.

Para Valentim, que está em seu primeiro mandato pelo Rio Grande do Norte (RN), Moro “não precisa disso” e a aliança iria de encontro “a tudo o que o Podemos prega”.

Acho que o Moro não precisa disso, dessa fortuna de fundo partidário. Ele já tem um nome, só precisa de as pessoas se lembrarem de quem ele mandou prender junto com toda a equipe da Lava Jato”, afirmou.

“É incoerente a gente ter um discurso de combate a corrupção, de enxugar gastos públicos, de ser contra o fundão e ficar no meio desse fuzuê, desse furacão, desse turbilhão que seria essa ligação com esse partido [União Brasil]”, acrescentou.

Valentim antecipou que, se a aliança vingar, vai ficar “bem distante” da campanha e não se lançará candidato ao governo de seu estado. Há a expectativa de que o senador possa concorrer, justamente para dar palanque a Moro no Rio Grande do Norte. O ex-senador José Agripino Maia (hoje no DEM e futuro União Brasil) é rival de Valentim no estado.

O Antagonista