Tiririca é deputado do PL que mais vota contra governo de Bolsonaro

O deslocamento para a cidade de domicílio de sua família sempre foi para tratar exclusivamente de assuntos do mandato, disse — Foto: Beto Oliveira



Tiririca (SP) é o deputado do PL que mais votou contra o governo do presidente Jair Bolsonaro na Câmara. Os dois serão colegas de partido a partir da próxima terça-feira (30), data marcada para filiação de Bolsonaro ao partido presidido por Valdemar da Costa Neto.

De acordo com levantamento feito pelo site Congresso em Foco, o parlamentar paulista só acompanhou o governo em 58% das vezes —percentual bem abaixo da bancada do partido, que, empatada com o PP aos 93%, é a segunda mais fiel às propostas do Executivo federal. As siglas só ficam atrás do PSL, legenda pela qual Bolsonaro se elegeu e que o seguiu em 95% das votações.

RELACIONADAS

Carlos Bolsonaro é o maior responsável por fake news na pademia, diz Aziz

Randolfe dedica medalha francesa para familiares de vítimas da covid-19

Congresso vai descumprir STF e só emendas futuras terão nome do parlamentar
O comediante se posicionou contra o voto impresso e as privatizações dos Correios e Eletrobras, mas a favor da PEC dos Precatórios, por exemplo. Entre os deputados do PL, só Tirica e o sergipano Valdevan Noventa (78%) tem menos de 90% de adesão ao governo.

O presidente Jair Bolsonaro vai se juntar ao PL na próxima semana em Brasília, após mais de dois anos sem partido —ele deixou o PSL em novembro de 2019 após atritos com o dirigente da legenda, Luciano Bivar. Ele tentou criar o próprio partido, o Aliança pelo Brasil, mas não conseguiu as assinaturas necessárias a tempo para disputar as eleições de 2022.

A filiação chegou a ser anunciada para o último dia 22, mas foi adiada após discordância sobre a articulação política em São Paulo.