in

Toque de recolher independe da aprovação de prefeitos, diz vice-governador do RN


No primeiro dia de vigência do decreto que instituiu o toque de recolher,  a governadora Fátima Bezerra passou o sábado conversando com prefeitos, lideranças da sociedade civil e com o Ministério Público sobre as medidas 
adotadas para coibir a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte.

As forças de segurança reforçaram o efetivo e saíram no início da noite. Os comandantes, em todas as cidades, foram orientados a fazer cumprir os termos do decreto no que diz respeito à proibição da circulação de pessoas nas ruas entre 22h e 05h. Na manhã deste domingo, deve ser divulgado um balanço de ocorrências.

A governadora Fátima Bezerra e o vice-governador Antenor Roberto, que ficaram monitorando o movimento nas primeiras horas do toque de recolher, parabenizaram as forças de segurança pelo trabalho realizado.

O vice-governador, que também é advogado e procurador do Estado, explicou que a execução do toque de recolher  independe de aprovação dos prefeitos.

“Pelas informações que recebemos, a Operação Toque de Recolher foi um sucesso. Aproveito para parabenizar o Coronel Araújo (secretário da Segurança Pública), o coronel Alarico (comandante-geral da PM), Ana Cláudia (delegada-geral da Polícia Civil), o Coronel Monteiro (comandante do Corpo de Bombeiros), a todos que fazem a Segurança do RN, por mais uma demostração de compromisso em salvar vidas”, disse a governadora. “A população entendeu o momento difícil que estamos vivendo e está seguindo as orientações. As nossas forças de segurança estão fazendo um trabalho pedagógico, orientador neste momento, e a população correspondeu plenamente. Parabéns a todos”, reforçou Antenor Roberto.

Morre em Natal paciente transferido do AM para tratamento da Covid

EUDIANE SOLICITA MELHORIAS NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA DAS COMUNIDADES DE VERA CRUZ