in , ,

TRE-RN mantém indeferimento da candidatura do prefeito de Passa e Fica e não tem mais como substituir

Celú Lisboa foi condenado à perda dos direitos políticos em processo de improbidade administrativa — Foto: Reprodução

Na sessão de julgamentos desta quinta-feira, dia 4, a corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) manteve a decisão da 12ª Zona Eleitoral de Nova Cruz ao julgar um recurso do prefeito da cidade de Passa e Fica, Celú Lisboa (PSB), que teve a candidatura à reeleição indeferida.

O Desembargador Cláudio Santos e os juízes Carlos Wagner, Ricardo Tinoco e Geraldo Mota divergiram do relator, negando o recurso. Foram vencidos o relator do processo, juiz Fernando Jales, e a juíza Adriana Magalhães. Os magistrados indeferiram a candidatura do gestor municipal por ele estar enquadrado nos termos do artigo 1º, inciso I, alínea “L” da Lei Complementar 64/90, a Lei da Ficha Limpa.

Habitação: Governo do RN prepara a entrega de escritura pública para 523 famílias

Deborah Secco renova o bronze e detalhe surpreende fãs