in

Trump não se conforma com derrota e volta a atacar Biden: ‘Eleição roubada’

O presidente dos Estados Unidos (EUA) Donald Trump, um dia após ser derrotado enquanto tentava reeleição, deu mais um sinal de que não aceitará facilmente a vitória do democrata Joe Biden.

Em publicação no Twitter, o republicano compartilhou frases atribuídas a seu colega de partido Newt Gingrich, ex-presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, acusando que a eleição foi “roubada”. “Eles roubaram tudo o que tinham para roubar”, escreveu Trump, indicando que a fala era de Gingrich.

O presidente derrotado também compartilhou trechos de uma análise feita pelo jurista e professor da Universidade George Washington, Jonathan Turley, segundo o qual os EUA tem “uma história de problemas eleitorais”.

“Quando você fala de problemas sistêmicos, é sobre como essas cédulas foram autenticadas, porque se houver um problema no sistema de autenticação, isso afetaria seriamente toda a eleição”, diz Turley em um dos trechos compartilhados por Trump.

Em outras publicações que não foram compartilhadas pelo republicano, Turley diz, em seu perfil pessoal, que é a favor de uma revisão nos votos, mas que “não há atualmente nenhuma evidência de fraude sistêmica” na eleição. Com informações da Folha de S.Paulo.

Morre cantora Vanusa, aos 73 anos

Luciano Huck e Sergio Moro negociam possível união para disputa presidencial