Até então um dos principais defensores de Jair Bolsonaro na classe artística, o ator Carlos Vereza rompeu com o presidente nesta sexta-feira, 3.

Em posts nas redes sociais, Vereza chamou Bolsonaro de “irresponsável” por suas ações diante da pandemia do novo coronavírus. “Desautorizar publicamente o ministro da Saúde por ciúmes não dá mais; tirei o time.”