UTIs do Rio Grande do Norte voltam a ter 50% de ocupação



Com 358 mil pessoas que não tomaram nenhuma dose da vacina anticovid e 221 mil que não retornaram para receber a D2, o Rio Grande do Norte voltou a ultrapassar 52% de ocupação de leitos críticos para tratamento da covid-19 na manhã de quarta-feira (3), o que não acontecia há três meses e meio, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap).

De acordo com levantamento da pasta no mês passado, que acompanhou a evolução clínica de pacientes, com quadro finalizado por alta médica ou óbito, de 164 internações, 108 eram de pacientes que não tomaram a vacina, o que representa 65% do total