in , ,

Vai fazer bem para o país’, diz Onyx sobre derrota de Renan no Senado

Brasília - O relator, deputado Onyx Lorenzoni, durante audiência pública da Comissão Especial que analisa projeto de lei com medidas contra a corrupção (PL 4850/16). (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, comemorou a derrota de Renan Calheiros (MDB-AL) no Senado. Ele atribuiu a vitória de Davi Alcolumbre (DEM-AP), seu aliado que conseguiu se eleger como presidente da Casa, no último sábado (2), ao sentimento de mudança pela “nova política”.

Em entrevista ao blog da Andreia Sadi, do portal G1, Lorenzoni afirmou que Renan o chamou para a briga algumas vezes, mas que ele não foi “porque sabe o seu lugar” de ministro. “Se eu fosse deputado, eu já tinha ido”, declarou.

Onyx admite que ajudou Davi, mas nega que o governo tenha interferido com a máquina. “Ganhamos na política. Se Renan tivesse ganhado, ia ser com o PT. Ele não esperava o Davi como candidato, o homem certo na hora certa. Davi tem essa habilidade com os colegas, uma espécie de “Jair Bolsonaro do Senado”. Ele é um craque das relações, não tem ninguém que não goste dele. Aí, um dia o Davi ganhou do Golias”, disse.

Na avaliação do ministro, ganhou a nova política. “A derrota dele vai fazer bem para o país, ele estava junto ao PT há quanto tempo? Pois bem. O Senado se reencontrou com as ruas”, analisou.

Fátima participa da procissão de Nossa Senhora dos Navegantes na praia da Redinha

Nelter cobra recuperação asfáltica da rn-110