in , ,

Vereador Ney Lopes Jr. envia requerimento a Prefeitura solicitando a suspensão temporária da cobrança do IPTU em Natal


Pensando nos impactos financeiros gerados pela quarentena o Vereador Ney Lopes Júnior, enviou para a Prefeitura um requerimento solicitando a suspensão temporária da cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A taxa é cobrada aos munícipes que possuem um imóvel e geralmente é paga de forma parcelada pelos contribuintes.

O documento enviado ao chefe do executivo solicita a suspensão da cobrança por um período de 60 dias, a medida se faz necessária para aliviar a renda das famílias natalenses, que precisaram paralisar os trabalhos para conter o COVID-19 na cidade.

“As medidas de isolamento são imprescindíveis e inquestionáveis uma vez que são para resguardar a saúde da população, em especial o denominado ‘grupo de risco’, porém os impactos na economia são iminentes, cabendo ao poder público auxiliar a população neste inesperado momento”, explica o parlamentar.

*Emendas destinadas a SEMTAS*

Ainda como medida de combate ao COVID-19 o Vereador destinou parte de suas emendas impositivas a Secretaria de Assistência Social do Município (SEMTAS). O valor, que correspondente a 350 mil reais, será fundamental para a manutenção das atividades da pasta, que vem protegendo as pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social, oferecendo abrigo e alimentação.

Proprietário de 18 edifícios perdoa aluguel de mais de 200 inquilinos para ajudá-los na crise

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA TERÁ INÍCIO EM JUNHO