Vereador Tércio Tinoco cobra esclarecimentos sobre educação inclusiva na capital



A Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Câmara recebeu a secretária de Educação de Natal, Cristina Diniz, e integrantes da sua pasta para responder questionamentos acerca da educação inclusiva no município.

O presidente da Comissão, vereador Tércio Tinoco, questionou desde a acessibilidade nas escolas da rede municipal, à presença de professores auxiliares em sala de aula, ao acolhimento dos alunos no retorno das aulas presenciais. “Foi uma convocação fruto de visitas às escolas nas quais verificamos a falta de acessibilidade e precisamos saber quando estarão adaptadas, de acordo com a Legislação Federal. Além disso, questionamos sobre denúncias que apontam para estagiários assumindo turmas sem professor auxiliar e recebemos a garantia que haverá a substituição desses cargos”, declarou o vereador Tércio Tinoco.

De acordo com a secretária Cristina Diniz, a rede municipal atende a 1.857 alunos com alguma deficiência, sendo a maior parte formada por estudantes com o espectro autista ou deficiência intelectual. Ela também disse que desde 2008 as matrículas desses alunos são feitas de forma antecipada, que o município dispõe de transporte de ônibus escolares adaptados e que conta com professores de libras.

“A inclusão precisa ser pensada em todos os aspectos e estamos cobrando que isso aconteça. Continuaremos com o nosso dever de fiscalizar o andamento destes pedidos em busca de uma educação pública mais inclusiva em Natal”, finaliza o vereador.