A Câmara Municipal de Macapá, na capital do estado do Amapá, teve nesta quinta-feira (5) uma sessão que já entrou para a história da cidade. Não por algum projeto pioneiro e que mereça reconhecimento nacional. Mas por uma briga generalizada entre os vereadores daquela casa legislativa, que foi filmada.

A pancadaria na Câmara de Macapá aconteceu antes do início da eleição para presidente do legislativo. A confusão teria começado após um vereador apresentar documento pedindo a suspensão da sessão, sem apresentar o conteúdo da justificativa. Foi então pedido que o 1º secretário da Câmara, vereador Caetano Bentes (PSC), fizesse a leitura do documento. Ele se negou.

Começou assim uma discussão entre o 1º secretário da Câmara e o vereador Yuri Pelaes (MDB); e, em seguida, um confronto entre eles que descambou para a confusão geral. No vídeo, que já virou notícia nacional, é possível ver um parlamentar escalando a mesa diretora da casa e dando uma “voadora” para cima de um outro grupo que já está engalfinhado.

A Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal tiveram que intervir para que a briga não continuasse. Após a confusão, a eleição foi retomada. Marcelo Dias (PSDB) foi eleito o novo presidente da Câmara de Macapá, com 12 votos. Esta foi a segunda eleição para a presidência do legislativo de Macapá. A primeira foi anulada pela justiça.