in

Vítima de Robinho abriu mão de dano moral: “Questão não é financeira”

Passados três anos depois de a Justiça da Itália ter condenado Robinho em primeira instância por estupro, a vítima ainda não recebeu indenização. A jovem albanesa poderia ter solicitado o pagamento de aproximadamente R$ 400 mil (60 mil euros) por danos morais, mas, segundo o seu advogado, optou por aguardar o andamento dos procedimentos jurídicos.

“A questão nunca foi financeira, ela está em busca de justiça”, afirmou Jacopo Gnocchi, advogado de defesa da mulher. Ainda de acordo com Gnocchi, ela está ciente da contratação recente do jogador pelo Santos, mas não está acompanhando a polêmica. “Nós vemos as notícias, é inevitável. Mas não temos interesse na vida pessoal de Robinho, apenas no julgamento.” Robinho alega que fez sexo consentido com a jovem albanesa.

Neymar presta homenagem de aniversário ao Pelé: ”Ninguém se compara a ti”

Ezequiel vê crescimento da campanha de Denis em Ouro Branco