Vivaldo Costa e Getúlio Rêgo falam de saúde pública no horário destinado aos deputados



O deputado Vivaldo Costa (PSD) lembrou, no horário destinado aos deputados, na sessão desta terça-feira (09), na Assembleia Legislativa, sobre o alerta do ‘Novembro Azul’, para a saúde masculina. Ele chamou atenção da importância da prevenção ao câncer de próstata e de pênis. “No início o câncer é assintomático, mas se deixar correr, lá na frente vai ter dissabores”, disse Vivaldo, que ressaltou a ação preventiva que a Prefeitura de Caicó já vem fazendo.

O deputado Getúlio Rêgo (DEM) também falou sobre saúde, e criticou o sistema de regulação do Estado. Ele citou casos em que pacientes são encaminhados de municípios do interior para o Hospital Regional em Pau dos Ferros, que, segundo o parlamentar, não está preparado para muitos casos em que o encaminhamento deveria ser feito para hospitais de Mossoró ou Natal.

“A regulação da Saúde trava o fluxo para casos de média e alta complexidades”, afirmou Getúlio. “E isso traz sofrimento, dor, sequelas irreversíveis e até morte”, alertou o parlamentar, que lamentou o episódio da morte de um natalense que não recebeu atendimento no momento em que procurou. “É preciso rediscutir a regulação do Estado que está cheia de imperfeições”, concluiu Getúlio, reforçando que as pessoas têm que ser tiradas da fila ‘da regulação defeituosa’.