Vivaldo Costa solicita criação de programa emergencial de combate aos efeitos da seca no Seridó, Potengi e Trairi



O deputado Vivaldo Costa foi um dos oradores da sessão híbrida nesta quinta-feira (12). O parlamentar falou da sua preocupação com relação à seca que o Rio Grande do Norte está passando. O baixo volume dos açudes, as chuvas abaixo do esperado têm ocasionado uma série de problemas. Vivaldo apresentou requerimento solicitando ações de apoio à bacia leiteira do Seridó e pediu que o Governo do Estado chegue com políticas públicas concretas.

Outro pedido do deputado Vivaldo Costa foi quanto a criação de um programa emergencial de combate aos efeitos da seca, em especial nas regiões do Trairi e Potengi. A proposta assegura às regiões afetadas, a locação, perfuração e instalação de poços tubulares, operação carro pipa e à construção de reservatórios de água, sistemas de captação de água e adutoras, para assim, ser capaz de promover um atendimento mais eficaz às eventuais e futuras situações de emergência e de calamidade pública decorrentes de secas.

*Saúde no RN*

Vivaldo falou sobre a saúde nos municípios do Rio Grande do Norte. Segundo ele, o RN tem 167 municípios e em cada município existe pelo menos uma unidade básica de saúde. “Quando o prefeito tem visão, esse posto funciona bem. É possível a gente dar uma assistência básica de saúde fundamental se o posto está limpo, bem equipado, se os profissionais dão expediente. Chamo atenção para os prefeitos de todo o RN. Se o prefeito quiser fazer uma boa administração na área de saúde, sem aumentar praticamente as despesas do posto, coloque este posto para funcionar bem”, alertou.