Xand Avião estreia no Rally dos Sertões



“Logo peguei o jeito!”
Cantor contou à Quem sobre emoção de participar na 3ª. e 4ª etapas da competição, de Araripina (PE) até São Raimundo Nonato (PI)

Xand Avião fez uma estreia inusitada. Acostumado a comandar multidões em cima dos palcos, desta vez, o cantor participou da 29ª edição do maior rally das Américas, nas 3ª e 4ª etapas dos Sertões, de Araripina (PE) até São Raimundo Nonato (PI), realizada esta semana. Para obter um bom desempenho na largada, ele contou com o auxílio do navegador Marcos Painsten.

“É de suma importância as orientações que o navegador passa durante a prova. Ele foi fundamental para proporcionar uma experiência marcante, indicando onde podia ir mais rápido, onde ter mais cautela. Eu sabia que ia gostar, mas eu amei”, declara Xand.

O músico fala do esforço físico na experiência. “O nordestino mata a cobra com a faca, então, como que eu vou ficar nervoso com um carrão desse? O motor da picape é muito potente. Você pisa no acelerador e a resposta é rápida, a caçamba dá uma ‘rabiada’; logo peguei o jeito. Foram mais de duas horas de prova e perdi 1.500 calorias, melhor que uma academia”, brinca.

Xand percorreu um total de 415 quilômetros na prova. Depois fez o circuito de 321 quilômetros, na cidade de São Raimundo Nonato, que passou pelo Parque Nacional da Serra da Capivara. O cantor acelerou em uma das etapas mais técnicas desta edição – a quarta, nomeada de Laço do Vaqueiro –, segundo a organização do Sertões.

“Havia muitas pedras pelo caminho, e até um pequeno trecho de trial, com pedras grandes. Deu para pisar fundo no acelerador e sentir a adrenalina da alta velocidade”, conclui o artista, que também investiu no hobbie do ciclismo durante a pandemia

pq